9 de dezembro de 2010

Da Weasel - O Fim

Os portugueses Da Weasel, uns dos grupos que melhor souberam unir o hip hop ao rock, anunciaram hoje que puseram fim ao projeto, 17 anos depois da fundação, revelou a editora EMI.

Os Da Weasel acabam de anunciar a separação, depois de 17 anos de história como banda.
«Os Da Weasel, um dos projectos mais bem sucedidos ­ e marcantes ­ da música portuguesa dos últimos anos, anunciam esta semana o seu fim (...) Os Da Weasel gostariam de agradecer a todos que os acompanharam durante estes anos, em especial aos incansáveis e dedicados fãs», pode ler-se num comunicado de imprensa que não aponta qualquer razão para o final.

Os membros do grupo português já há algum tempo que não apresentam material novo como Da Weasel, mas têm estado quase todos dedicados a outros projectos. Pacman gravou com os Dias da Raiva. João Nobre e Quaresma acabam de editar o segundo disco sob o signo dos Teratron, "As Cobaias". Virgul, como se sabe, é a cara dos Nu Soul Family.

O projecto nacional deixa para a história uma mão cheia de álbuns, com destaque para o primeiro longo, "Dou-lhe Com a Alma", disco que ajudou a trazer para a arena central da música lusa o hip hop cantado em português. Estávamos em 1994 e os Da Weasel tinham começado o seu percurso como banda em 1993, ainda com Armando Teixeira (Balla) e Yen Sung na formação. "Amor, Escárnio e Maldizer", de 2007, fica como o último disco de estúdio de Pacman e companhia.

Nascidos em 1993, tendo como núcleo central os irmãos Carlos Nobre (mais conhecido por Pac) e João Nobre, os Da Weasel editaram seis discos de originais.

Banda portuguesa anuncia no seu site o final de um percurso de 17 anos. Recorde algumas das suas músicas mais marcantes.

http://www.daweaselonline.com/


http://oraculotertulia.blogspot.com/
http://tertuliacordeburroafugir.blogspot.com/
http://www.facebook.com/pages/Tertulia-Cor-de-Burro-a-Fugir/331575706299
http://www.youtube.com/tertuliacordeburro

1 COMENTÁRIOS:

luis disse...

já sabia disto!

Enviar um comentário

A opinião veiculada nos comentários é a dos seus autores e não do Oráculo Tertuliano.
Todos os comentários devem ser de leitores identificados e conter endereço de e-mail válido... Ou não.
Os comentários são da irresponsabilidade exclusiva dos seus autores...
Será responsabilizado o autor de qualquer comentário susceptível de lesar o bom nome, a honra ou a imagem de pessoas ou instituições, bem como o autor de qualquer comentário injurioso, ofensivo ou contrário às leis portuguesas... (Por outras palavras, vamos ter o direito de vos chamar nomes também!)
Qualquer comentário pode, a qualquer momento, ser rejeitado ou retirado pelo Oráculo Tertúliano, sem necessidade de justificação... E mais nada!